terça-feira - 19, junho, 2012 | por: Bom Retiro Na Moda

Peça a céu aberto

Peça a céu aberto põe público e atores para explorar as ruas do Bom Retiro, em SP

“Bom Retiro 958 metros” é a nova peça do Teatro de Vertigem

Noite de domingo, no cruzamento das ruas José Paulino e Ribeiro Lima, passageiros de um ônibus que passa por ali colocam as cabeças para fora para observar uma cena que acontece do lado de fora. Duas jovens brigam, dentro de uma espécie de ringue de luta. Moradores dos prédios dos arredores também parecem espiar pelas janelas, sem saber bem o que está acontecendo.

A cena faz parte de “Bom Retiro 958 metros”, espetáculo que comemora os 20 anos do Teatro da Vertigem e mostra histórias de personagem típicos que circulam diariamente pelas ruas do bairro paulistano, famoso por ser o pólo de lojas de moda popular.

Como de costume nas montagens da companhia teatral, a peça é toda encenada durante uma caminhada pelas ruas do bairro, que também é caracterizado pelo seu multiculturalismo.

Com cerca de 60 pessoas, o grupo de espectadores do qual o UOL fez parte se reuniu no domingo (17) na Oficina Cultural Oswald de Andrade, localizada na rua Três Rios, onde recebeu um mapa do percurso de 958 metros, que passa pelas ruas Aimorés, da Graça e Prof. Césare Lombroso, entre outras.

Às 19h, horário marcado para o início, surgiram os primeiros atores, dando início ao espetáculo – que propõe uma reflexão sobre o consumismo e seus bastidores.

Em quase duas horas de itinerância, o espectador acompanha as cenas e intervenções com direito a surpresas e alguns sustos.  O trajeto é supervisionado pela equipe de produção, que zela pela segurança e garante a boa visibilidade para as atuações.

A peça em movimento não ocupa apenas as ruas com suas performances mas transforma em cenários da apresentação um pequeno shopping e um prédio abandonado nas redondezas.

De maneira intuitiva, o público sente quando há mudanças de cenário e segue como se fosse parte do espetáculo. Em muitos momentos é possível se questionar se a pessoa que está ao seu lado não faz parte do grupo de atores.

Detalhes cenográficos, como caixas de papelão espalhadas pelas ruas, faixas nas fachadas do comércio local e restos de tecidos, surtem o mesmo efeito. No final do espetáculo, com a rua toda limpa, fica claro que haviam sido colocados ali de propósito pela produção.

Ao final do percurso, duas amigas que passavam pela rua decidiram parar diante da aglomeração, numa tentativa de tentar decifrar o que acontecia no local. Sem certeza de nada, mas arriscando palpites, juntaram-se ao público para aplaudir o final do espetáculo da trupe – sem desembolsar os R$ 30 pelo “ingresso” da peça.

“Bom Retiro 958 metros” tem sessões até setembro, de quinta a sábado, às 21h, e aos domingos, às 19h. Em dias de chuva, as apresentações são canceladas.

fonte: 19/06/2012
Adriana de Barros
Do UOL, em São Paulo

Compartilhe!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>