segunda-feira - 20, janeiro, 2014 | por: Bom Retiro Na Moda

O tamanho que a gente veste não é o tamanho que a gente é!

tamanho da roupa1
Ilustração de Sarah-Jane Szikora

Que roupa vem com etiqueta numerada não é nenhuma novidade. O problema é que este pequeno número (ou letra) pode ter um impacto grande na percepção da nossa pseudo “esbeltice” ou “gorduchice” – e o que percebo no meu dia a dia é que, infelizmente, tem mesmo.

Esta equação entre mulheres e números toma uma dimensão muito maior do que deveria no provador da loja. O número da etiqueta faz referência ao tamanho da roupa e só! Não deveria (nunca) virar indicador do tamanho da pessoa que veste a roupa.

Roupa vem com um número que varia de loja para loja, de marca para marca e mais que isso: tirando roupa feita sob medida, privilégio de poucos, roupa é pensada para ser vendida em grande quantidade, ou seja, para caber num maior número de pessoas possíveis.

etiq.1

Etiqueta a gente corta!

Vale mais a percepção de como a roupa envolve o corpo e como a gente se sente dentro dela: uma peça com caimento bom, que veste direitinho, com tecido que cai suave sobre a silhueta – seja ela mais magrinha ou mais gordinha; roupa com corte bacana (para quem veste!) que não está nem larga demais e nem apertada, que não gruda no corpo criando desconforto ou aparência ruim marcando e mostrando o que a gente prefere esconder.

Melhor ainda seria permitir-se experimentar números maiores, mais soltinhos, que podem ficar perfeitos com alguns ajustes. Por que não? Já parou para pensar que maravilha tomar as rédeas do que você veste. Roupa tem que se adequar ao corpo que a veste e não o contrário.

Quanto menos importância a números e letras, mais espaço para enxergar o corpo que a gente tem com mais leveza e generosidade e dai fica mais fácil também escolher o que realmente nos valoriza e, por consequência, ficar mais confiante e feliz.

Bjs e até a próxima semana!

Banner-SenhoraSenhorita1

Dea Scannapieco, 41 anos, consultora de estilo pessoal, blogueira nas horas vagas,
curiosa em tempo integral, meio cá, meio lá… uma jovem senhora

Compartilhe!

    Uma opinião sobre “O tamanho que a gente veste não é o tamanho que a gente é!”

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>